sexta-feira, 30 de junho de 2017

Cansaco de mae

Mae sabe como é a correria do dia a dia...
To exausta! E se fosse somente fisicamente eu nem reclamava tanto, mas gente.....o psicológico também não anda bem.
Cansada da rotina, dos horarios marcados, das mesma atividades, etc.
Sabe aqueles filmes em que a pessoa fica presa no mesmo dia, vivendo tudo novamente dia apos dia? Sou eu!

Claro, eu posso mudar a rotina das crianças, fazer algo novo e tal, mas o que cansa é o fato de que tudo se desenvolve em relação as crianças. Nada sera para o meu prazer, puro e cru.
Eh logico que amo meus filhos e tudo que faço com e por eles, mas não sobrou nada alem disso. Não existe mais " Eu gosto" e sim "eles gostam".

Euzinha fui anulada! Nem as coisas mais básicas por mim consigo fazer sem ser correndo, improvisando, como tomar banho, cortar as unhas, pentear os cabelos.

Sinto falta de ler. Ler livros, mesmo....daqueles de prender no sofa por horas. Isso não existe mais.
Gosto de artesanato, mas nao consigo mais fazer nada, alem claro do que fiz pra festa da minha filhota.
E mais do que tudo: sinto falta de dormir! Dormir, dormir, dormir....

Meu sono é picado desde que o Lucas nasceu. Ele ainda acorda 1x na noite pra tomar leite. Dou um tico na mamadeira. Menos de meia mamadeira, mas virou regra. Ando sempre cansada, pq alem dessa vez que ele acorda, as vezes acorda mais uma ou duas vezes so pra reclamar mesmo.
Ele ja esta com 15 meses e ja esta na hora de dormir a noite toda, mas dai tem também a chegada dos dentes....velha historia...

E com tudo isso, sinto que so reclamo ( como estou fazendo agora). Reclamo do e para o marido. Reclamo de como ando exausta, mas a trabalheira com as crianças continha la, me esperando.
Tento me agarrar na ideia de que em agosto a Elisa começa a ir pra a escolinha e em setembro sera o Lucas. Sera mesmo que terei tempo para mim?
Considerando que ja ando procurando emprego, não ne?!

Só desabafo.....ufa!
Volto contando da festa de 3 anos da Elisa e para postar fotos, claro!

beijos!

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Viagem de avião com criancas

uau! Postagem em dias seguidos....luxo puro!
Bem, prometi contar sobre a viagem com as crianças, sozinha, num aeroporto gigante.

Vamos la....
Da onde moro ate o aeroporto mais próximo são uns 45 minutos. La eu embarquei no primeiro voo....de 1 hora e pouco.
Maridex nos levou, fizemos o check in da bagagem e nos despedimos.
Levei um carrinho leve, uma mochila e um canguru para carregar o Lucas, pois precisava do carrinho para por a Elisa.
"Ah, mas ela ja tem quase 3 anos e pode andar". Poder pode, mas num aeroporto gigante, tudo novo, gente pra todo lado, ela empacaria.
Acontece que tive que despachar o carrinho e so o pegaria de volta em Frankfurt ( no tal aero enoooorme) assim que saísse do meu primeiro voo.
Beleza! Saio do voo pequeno, meu carrinho me aguarda por la, e eu o uso para chegar no portão de embarque do outro voo. Facil! Nem tanto...

Primeiro: é dificil passar no raio X com criança.
Imagine voce tendo que tirar casado, cinto, celular, coisas da bolsa da criança ( mamadeira, sucos, papinhas, etc) e colocar tudo isso na bandeja em tempo record e ainda  segurar e cuidar das suas crias. Adicionado a isso, cuidar para não esquecer nada pra tras, esperar que voltem com a papinha ( que foi levada para inspeção), convencer sua filha a passar sozinha na porta do raio X e tudo isso com um bebe no colo.
Visualizaram? Entao...foi isso...hahahah
Ah, esqueci de mencionar que não pode passar com o canguru. O bebe tem que estar, no mínimo afastado do corpo da mae.

Superada essa parte, fui para o portão de embarque, distrai as crianças ate a hora de embarcar e tal...
No primeiro, voo...aviao pequeno...a Elisa ficou bem assustada com o barulho das turbinas. Chorou, mas depois se acalmou.
Quando chegamos em Frankfurt, ao descer do voo, estava chovendo, escuro, um vento, turbina do avião fazendo um barulho. Choradeira para descer as escadas novamente.
Ao sair do voo, notei um carrinho de bebe no chão da pista. Pensei: " cade o meu?" mas no tumulto, o ônibus ja cheio para levar todos para o terminal, eu cheia de bolsa, Elisa chorando...resolvi deixar para perguntar por la sobre o paradeiro do carrinho. BURRICE!
Tinhamos, por sorte, contratado um serviço de ajuda disponibilizado no aeroporto. 
Um funcionario me levaria ate o portão de embarque do próximo voo.
Ao avista-lo, ja fui perguntando onde achar o carrinho. Ele, com uma super ma disposição começou a andar pelo aeroporto comigo atras, carregando Lucas no canguru e Elisa pela mao.
Roda pra ca, pra la...e nada de achar o local para se informar direito.
Depois de começar a me preocupar com o tempo que tinha, ele sugeriu ir direto para o Portão e perguntar por la. Resumindo....eu teria que andar léguas com a Elisa pela mao. Por sorte, achamos uma cadeira de rodas dando "sopa" e coloquei a Elisa e mochila ali.
O funcionario me deixou na frente do raio X.
Heloooo, achei que o serviço seria ate o portão de embarque!
Ok....nao quis criar caso, pois ele disse que o portão de embarque era logo depois do raio X.

A mesma aventura...tira tudo, segura crianças, esvazia a bolsa....
Por sorte, os agentes alemaes eram uns amorzinhos e um deles ate segurou o Lucas pra mim enquanto eu embalava tudo novamente.

Perrengue seguinte: entrei no voo e meu assento não era o com espaço maior, para pendurar a " bassinet" ( bercinho de por o bebe disponibilizado pela companhia aérea,caso vc reserve).
Gente, fiquei ali..em pe uns 25 min, com o Lucas no colo, esperando a Aeromoça resolver o caso.
Ufa! Depois de muito esperar, ela conseguiu meu assento onde reservei.

Oba! Bercinho, assento para mim, outra pra Elisa ( criança com 2 anos completos ja paga inteira e tem assento), crianças exaustas e eu tb.

Dei papinha para o Lucas, troquei a fralda de xixi, ele dormiu imediatamente apos decolagem ( qdo o berco é montado), Elisa cansada, mal comeu mas tb dormiu rapido e eu fiquei ali....podre, com sono, mas ainda firme para assistir um filme tosco que escolhi.
Nao consegui dormir. Ansiedade, exaustão, desconforto do banco....
Lucas acordou uma vez para tomar a mamadeira, que eu deixei pronta e a Elisa capotou ate de manha.
No cafe da manha, ambos acordados e eu nem comi, pois não tinha como abaixar minha mesinha com o Lucas no colo. Também não estava com fome. 
Segui o resto da viagem tentando distrai-los como possível e cheguei em SP por volta das 8am. Feliz e cansada.

Farei um post sobre esse serviço de aeroporto. É útil para quem não fala nenhuma língua estrangeira, mas precisa sair do Brasil, ou para viajantes idosos, famílias com crianças, etc.
Tambem fico devendo um post sobre a bagagem de mao: o que levar, como embalar e tal.
Tem milhoes de dicas na net sobre o assunto, mas sempre vale reforçar.

bjocas

terça-feira, 25 de abril de 2017

Sumí mas voltei...

Gente,

tanta coisa aconteceu desde o ultimo post...
Viagem para o Brasil, mudamos de cidade, readaptação das crianças na nova casa...
Alias, estou apaixonada pela nova morada. A casa é tao linda! Tao gostosa! Tem espaço pra tudo. So falta mesmo organizar e é aí que tudo complica.
As crianças estão em casa desde janeiro ( janeiro e fevereiro estávamos no Brasil). Em marco, ja na casa nova, começou a trabalheira de ter a Elisa o dia todo comigo. Adicionado a isso, o Lucas que engatinhando não pára um minuto. Conclusão: não consigo arrumar nada.
Acreditam que faz 2 meses que mudamos e tem caixas de roupas que não desembalei?
Eles dois começam na escolinha somente em Agosto, entao ate la vou me virando como dá.

Estou planejando o quarto de brinquedos, ja compramos papel de parede e quero fazer umas coisas que vi no Pinterest.
Sim! Eu copio as ideas, mesmo! Criatividade falta...haha

Preciso fazer um post contando da viagem de 13 horas com os dois, sozinha...
E tb dos passeios em SP...

Fico devendo.

Queria soh passar para falar oi!
Oi!

Estou curiosa para saber o que anda rolando nos outros blogs.
Falta de tempo, gente! Ate mesmo para tomar banho....hahahahaha

Bjos